Qual a diferença entre economizar, poupar e investir? Entenda e coloque em prática!

diferenca-entre-economizar-poupar-investir

Qual a diferença entre economizar poupar e investir?

Quando o assunto é educação financeira, muitos brasileiros ainda possuem diversas dúvidas. A verdade é que manter o controle financeiro e não ficar no vermelho ainda é uma grande dificuldade para a maioria das pessoas. 

No entanto, para começar a ter uma saúde financeira, todos nós sabemos que é preciso manter um equilíbrio entre gastos e ganhos. E, para isso, um primeiro passo é saber qual a necessidade de investir, economizar e poupar. 

Mas, afinal, qual o significado destes três termos e como colocá-los em prática? Para ajudar você a buscar um controle financeiro, definimos cada uma dessas etapas. Continue com a gente para entender cada tópico a seguir:

  • Qual a diferença entre economizar, poupar e investir?;
  • Qual é a realidade brasileira quando o assunto é economizar, poupar e investir?;
  • É melhor poupar ou investir: qual a importância e como começar?

Qual a diferença entre economizar, poupar e investir?

e-melhor-poupar-investir

Para conseguir entender a diferença entre economizar, poupar e investir, é necessário saber o que cada um destes termos quer dizer. Vamos lá?

O que é economizar?

O primeiro item que vamos explicar para entender qual a diferença entre economizar, poupar e investir é economizar.

Economizar consiste em não gastar o dinheiro que se ganha de forma desnecessária. Ou seja, fugir de tentações de compras supérfluas, atentando-se a comprar aquilo que realmente é fundamental. 

Além disso, uma pessoa economiza seu dinheiro em outras situações como quando você se mantém fiel a lista de compras no supermercado ou quando opta por produtos em promoção, ao invés de comprar marcas caras.

Em resumo, economizar é pagar um preço mais em conta em itens de boa qualidade, fazendo um bom negócio para o seu bolso.

O que é poupar?

Continuando a explicação da diferença entre economizar, poupar e investir, poupar é o ato de guardar uma parte do dinheiro que se ganha. Muitas pessoas confundem economizar e poupar.

No entanto, quando você poupa, você deixa de gastar aquela quantia ao invés de deixar para gastá-la de forma mais inteligente como é feito quando a pessoa está economizando.

Portanto, para poupar, você deve reservar parte do dinheiro que foi ganho no mês e não usá-lo em nada.

Leia também: Poupar o salário: importância e dicas de como fazer isso aqui!

O que é investir?

Investir seria o próximo passo depois que você conseguiu economizar e poupar, pois você terá uma quantia disponível para fazer seu dinheiro render.

Essa etapa é tão importante quanto as outras, pois você não estará apenas evitando desperdícios, mas valorizando seu dinheiro ainda mais.

Desse modo, ao investir, você estará fazendo a quantia que foi poupada e economizada se multiplicar.

Conheça os ‘Tipos de investimentos: 7 melhores opções no Brasil‘ neste outro artigo do blog.

Qual é a realidade brasileira quando o assunto é economizar, poupar e investir?

Poupar e investir ainda não são práticas muito comuns entre os brasileiros. De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e Capitais (Anbima), 56% dos brasileiros não poupam dinheiro e não possuem uma reserva financeira. Enquanto isso, 75% não realizam nenhum tipo de investimento.

A média de investidores físicos no Brasil é muito pequena e vem diminuindo desde 2017. Segundo informações da B3, a bolsa brasileira, apenas 3% da população investe em ações, enquanto países como Estados Unidos e Japão esse índice chega a 55% e 45%, respectivamente.

É por isso que muitos brasileiros ainda possuem dificuldades em relação a manter um equilíbrio financeiro. A verdade é que no país prevalece um comportamento financeiro imediatista, ou seja, o que se ganha, se gasta.

O problema desse comportamento é que muitas vezes, por falta de planejamento, as pessoas acabam gastando mais do que ganham. Isso leva muitos brasileiros a ficarem endividados. Para se ter uma ideia, de acordo com dados da Serasa Experian, o Brasil soma mais de 63 milhões de consumidores inadimplentes.

Para tentar lidar com a situação, os brasileiros buscam alternativas como empréstimos ou cheque especial para tentar amenizar as dívidas. No entanto, a facilidade de obter “essas saídas” contrasta com outro problema gravíssimo: os juros!

Com isso, muitas pessoas acabam transferindo as dívidas, em vez de quitá-las. Tudo porque acabam recorrendo a práticas que inicialmente parecem convenientes, rápidas e de fácil aprovação. 

Quer entender melhor como o cheque especial funciona e quais os riscos de recorrer a essa opção? Sugerimos a leitura deste outro artigo: Por que os brasileiros estão presos ao cheque especial?

É melhor poupar ou investir: qual a importância e como começar?

Como você pôde ver, os números no Brasil não são animadores. Portanto, agora que sabemos qual a diferença entre economizar, poupar e investir, é o momento de aprender a reverter esse cenário.

Saber lidar com o próprio dinheiro e conquistar a tão sonhada saúde financeira é fundamental para que as pessoas consigam garantir uma melhor qualidade de vida. 

Ainda que muitos tentem economizar sem perder a qualidade de vida e até consigam poupar algum dinheiro, ainda estão suscetíveis a imprevistos que podem descontrolar totalmente esse equilíbrio. 

Situações como enfermidades, perda de emprego, necessidades de reparos urgentes na casa ou problemas no carro são exemplos que podem acontecer com qualquer um e em qualquer momento. Por isso é tão importante seguir as três etapas: economizar, poupar e investir! 

Pensando nisso, preparamos algumas dicas para que você possa começar desde já!

Como economizar

Antes de mais nada, sabendo a diferença entre economizar, poupar e investir, você deve entender a sua própria realidade, pois a melhor forma de economizar é individual. No entanto, é possível seguir algumas orientações para começar:

  • faça um controle de todo o dinheiro que entra e sai mensalmente;
  • use aplicativos ou planilhas para fazer a melhor gestão desses valores;
  • identifique e corte gastos desnecessários;
  • alinhe com o restante de seus familiares que todos devem economizar;
  • pague as contas no dia para evitar juros;
  • quando possível, diversifique as fontes de renda.

Como poupar

Apenas após começar a economizar, você terá algum dinheiro para poupar. Portanto, com as contas em dia e sem o aperto de antes, será possível começar a ter uma reserva.

No entanto, é importante se lembrar que de nada adianta usar o dinheiro economizado para cobrir gastos imprevistos. É necessário deixar aquela quantia “intocável”.

Uma das principais formas de “não cair em tentação” e usar o dinheiro economizado, é colocá-lo em uma poupança.

Leia também: Reserva de emergência: 4 dicas práticas de como fazer [GUIA]

Como investir

Por último, você poderá fazer aquele dinheiro poupado render, pois apenas deixá-lo “guardado” você se tornará refém da desvalorização da quantia por causa da inflação. Portanto, a melhor alternativa é se tornar um investidor

Para quem ainda é iniciante neste assunto, você deve começar aos poucos, aplicando seu dinheiro em ativos por meio de instituições financeiras, como bancos e corretoras, e receber rentabilidade pelo empréstimo

Uma opção de investimento para iniciantes é a renda fixa, como títulos do Tesouro Direto, CDBs e CDI. Para entender melhor como funcionam os principais tipos de investimento, você pode conferir também este artigo: 7 melhores opções no Brasil!

Sabemos que conseguir fazer sobrar dinheiro no final do mês é algo bem difícil, não é mesmo? Principalmente devido a situação econômica atual no país.

No entanto, entender a diferença entre economizar, poupar e investir é o primeiro passo para começar! Apenas assim, você conseguirá iniciar o seu planejamento mensal para conquistar o equilíbrio financeiro.

Diminua o estresse no trabalho e economize dinheiro

Mesmo entendendo a diferença entre economizar, poupar e investir, as urgências financeiras muitas vezes interferem na organização do orçamento. Mas implementando um benefício estratégico, a empresa onde você trabalha pode te ajudar.

Conheça a ferramenta Xerpay e saiba como funciona o sistema que implementa o pagamento sob demanda, ou seja, os colaboradores de uma empresa podem antecipar parte de seus salários quando precisarem.

Essa ferramenta está mudando a forma como os funcionários lidam com o seu salário e gerando mais satisfação e motivação no trabalho.

O Xerpay pode ser um dos benefícios mais valorizados por quem trabalha em sua empresa. Fale com um especialista e conheça mais!

Não deixe de compartilhar este post em suas redes sociais para que seus colegas também tenham acesso a essas dicas!

Confira outros artigos que você pode se interessar