7 dicas para manter a motivação da equipe na pandemia

motivação da equipe na pandemia

A motivação da equipe na pandemia caiu? Pois saiba que a sua empresa não está sozinha nesta questão. Organizações do mundo todo precisaram se reinventar para  minimizar os impactos e efeitos da pandemia de COVID-19. 

Um estudo recente do International Stress Management Association (ISMA) revelou que a cada dez brasileiros 9 começaram a sofrer de ansiedade e 47% demonstraram algum nível de depressão em 2020. O reflexo disso é a desmotivação na vida profissional e pessoal. 

Apesar dessa realidade, é essencial que a empresa reconheça a situação e tente seguir em frente, sendo otimista e principalmente oferecendo ações concretas e de acolhimento para seus colaboradores. 

Uma vez que, de acordo com um estudo publicado no Journal of Applied Psychology, empresas que optaram por priorizar o bem-estar dos seus empregados obtiveram maior sucesso em mantê-los motivados. 

Mas como conseguir isso? Neste artigo você vai saber: 

  • Como manter a motivação dos colaboradores?; 
  • Como criar um ambiente seguro?;
  • Qual a importância de ser transparente?;
  • Os feedbacks são importantes?;
  • Por que investir na carreira dos colaboradores?;
  • E mais. 

Boa leitura! 

Como manter a motivação dos colaboradores?

A 12ª edição do Índice de Confiança Robert Half (ICRH) mostrou que manter a motivação da equipe na pandemia é a principal dificuldade na gestão pessoal para 61% dos líderes. 

A questão é: tem como mudar esse cenário? Abaixo elencamos algumas das possibilidades para potencializar a motivação dos empregados mesmo na pandemia. Confira! 

Crie um ambiente seguro 

Uma das principais ações para manter a motivação da equipe na pandemia é demonstrar preocupação com o bem-estar dos colaboradores. Isso quer dizer que é essencial garantir um ambiente seguro para que eles possam trabalhar com tranquilidade. 

Se um funcionário não se sente seguro no trabalho, é comum que seu rendimento e disposição caia, afinal, ele estará preocupado com a sua saúde. 

Para mudar isso e oferecer tranquilidade aos seus trabalhadores, principalmente considerando o número de casos COVID-19, e caso a sua empresa tenha decidido por retornar ao trabalho presencial, é preciso se atentar a questões como: 

  • Respeitar o distanciamento na disposição das mesas de trabalho; 
  • Promover e estimular o distanciamento entre os colaboradores; 
  • Oferecer álcool em gel e até máscaras de proteção, se for o caso;
  • Criar ações que estimulem os profissionais a usar a máscara de proteção; 

Com parte dessas medidas colocadas em prática, os colaboradores irão se sentir mais acolhidos pela empresa, e principalmente reconhecerão a preocupação dela em garantir um ambiente seguro para sua saúde. 

Mantenha a transparência 

Criar um laço de confiança com os colaboradores é essencial para o sucesso da empresa, independentemente da situação. Quando se fala de um cenário de pandemia, essa realidade se torna ainda mais importante. 

Isso porque se o colaborador não conhece a realidade da empresa em meio a pandemia, a situação dela no mercado, em meio às incertezas do dia a dia, ele acaba se desmotivando porque perde a confiança na companhia. 

Portanto, é fundamental que os gestores e líderes sejam transparentes com seus funcionários. Expondo não só as dificuldades da empresa, mas reforçando que apesar das dificuldades eles contam com o apoio dos seus profissionais para vencer os desafios. 

Em outro artigo falamos sobre a importância da liderança na motivação dos colaboradores, leia aqui

Organize uma rotina de trabalho

De acordo com uma pesquisa da Fortinet, empresa de cibersegurança, mais de 30% das organizações pretendem manter o regime home office pós-pandemia. 

64% dos brasileiros, que estão em teletrabalho, dizem que querem continuar assim mesmo depois de vacinados, mostrou uma outra pesquisa, realizada pela empresa de monitoramento de consumo, Hibou

Com esses números dá para perceber o quanto o home office impactou a realidade de muitos brasileiros. Porém, se não houver organização por parte da empresa em pouco tempo os funcionários se verão desmotivados à distância. 

Até por isso, manter a motivação da equipe na pandemia, no trabalho à distância, exige muito esforço e dedicação da empresa. Afinal, ela precisa criar mecanismos para que o colaborador consiga criar uma rotina de trabalho

Isso exige dos gestores e líderes a implementação de ferramentas que ajudem a planejar, executar e até mesmo monitorar esse trabalho. 

Já que os colaboradores não podem ser “abandonados”, e precisam saber exatamente o que fazer, sendo orientados diariamente por seus gestores. Em outro artigo falamos sobre a importância da liderança na motivação dos colaboradores, leia aqui

Ferramentas on-line como Trello, RunRun.it e Asana, podem ser de grande valia e permitem essa possibilidade de acompanhamento e execução do trabalho a distância sem que a qualidade do trabalho seja perdida. 

Assim, os colaboradores têm um norte e não irão se desmotivar por não saberem o que devem fazer, ou mesmo se a empresa ainda conta com eles, por estarem trabalhando de casa. 

Priorize os feedbacks humanizados

A motivação da equipe na pandemia também depende dos feedbacks. Em tempos de crise, ter essa porta aberta para que o colaborador possa falar e, também ouvir, pode ser uma demonstração de como a empresa valoriza seu bem-estar físico e mental. 

Nesse momento, inclusive, pode ser que o gestor tenha mais a ouvir do que falar, e não há problema nisso. 

Pois, é a partir daí que se torna possível criar um laço de confiança com seus colaboradores, para que eles passem a se abrir mais com a empresa e até mesmo aceitem com maior naturalidade as cobranças.

Portanto, para que a motivação seja um reflexo dos feedbacks na pandemia, deixe primeiro que seus colaboradores falem e exponham seus anseios, medos e dificuldades. 

Seja amigável, cortês e acolhedor com o que eles têm a dizer, respeitando todas suas dificuldades. Valorize, nesse cenário, um feedback humanizado. 

Seja flexível 

A motivação da equipe na pandemia, pelo menos de boa parte dos funcionários, depende também de um entendimento da empresa em relação à realidade de muitos dos seus colaboradores. 

Neste quesito, a flexibilidade pode ser um fator motivacional de grande valia. É comum que muitos profissionais, que estão no teletrabalho, precisem dividir sua rotina entre a execução de suas tarefas do trabalho e a da casa, fazendo comida, cuidando dos filhos, etc. 

A empresa, para não desmotivar esses profissionais, precisa entender essa realidade

Isso significa demonstrar confiança nos seus colaboradores, flexibilizar prazos de entrega e até oferecer mais autonomia nas execução das atividades. Por meio disso, a empresa reforça a importância do colaborador para o sucesso da empresa. 

Celebre as conquistas 

Uma pesquisa realizada pelo portal CareerBuilder revelou que mais de 50% dos profissionais acreditam que a valorização profissional e o reconhecimento evitariam grande parte dos pedidos de demissão

Se essa é uma realidade em tempos normais, na pandemia essa situação tem ainda mais importância. Isso porque os colaboradores estão mais fragilizados e inseguros e celebrar suas conquistas pode mudar um cenário de desmotivação. 

Então, uma das formas de manter a motivação da equipe na pandemia é valorizar as vitórias e manter uma gestão positiva, que reconhece o esforço dos colaboradores, mesmo em meio a tantas dificuldades do dia a dia. 

Invista na carreira dos colaboradores

Uma das maneiras de manter a  motivação da equipe na pandemia é continuar investindo na carreira dos colaboradores. Oferecer cursos, treinamentos e capacitações específicas pode fazer com que os profissionais se sintam valorizados, principalmente nesse momento. 

Sem contar que em meio a pandemia, abriu-se um leque de possibilidades de cursos on-line e a distância, inclusive com boas promoções.  Além disso, esse é um bom momento para as empresas aperfeiçoarem as habilidades dos seus colaboradores, oferecendo esses tipos de formações. 

Valorizando assim, a evolução e o desenvolvimento profissional dos seus profissionais e demonstrando, concretamente, que eles têm grande valor para a companhia. 

 

Gostou das nossas dicas? Então, siga o Xerpay nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e fique ligado nos melhores conteúdos de gestão e RH do mercado.  

Confira outros artigos que você pode se interessar