O que é antecipação de recebíveis e como ela funciona?

antecipação de recebíveis

Se você possui uma empresa, é provável que já tenha precisado de dinheiro extra para cumprir com as obrigações do mês. Nesse caso, o empréstimo é a primeira solução que vem à mente dos empresários. Entretanto, existe ainda outra possibilidade: a antecipação de recebíveis. 

Com a operação é possível receber o dinheiro que precisa sem criar mais uma dívida para a companhia, já que a operação utiliza os próprios recursos a serem recebidos. Além disso, é uma solução rápida e resolve o problema financeiro da instituição em poucos dias, a depender do acordo realizado. 

O objetivo principal da antecipação de recebíveis é movimentar o capital de giro da empresa, sem criar maiores prejuízos ao fluxo de caixa futuramente. Contudo, para isso o gestor precisa entender cada detalhe da operação, elaborar um bom planejamento e escolher a melhor instituição financeira. 

Para explicar melhor o que é antecipação de recebíveis e como funciona a operação, este artigo responderá:

  • O que significa antecipar recebíveis?
  • Quem pode antecipar recebíveis? 
  • Como fazer a antecipação de recebíveis?
  • Como é calculada? Existem taxas?
  • Quais as vantagens e desvantagens da antecipação de recebíveis?
  • Antecipação de recebíveis e adiantamento salarial são a mesma coisa?

Boa leitura!

O que significa antecipar recebíveis?

O que é antecipação de recebíveis certamente é a principal dúvida sobre o tema. Trata-se de uma modalidade de antecipação de crédito para as empresas que possibilita receber quantias devidas antes do prazo previsto, como parcelas de cartão de crédito

A operação é totalmente legal e deve ser realizada por meio de empresas especializadas no serviço ou fintechs. Sendo assim, é possível solicitar a antecipação no recebimento de valores de boletos bancários, cartão de crédito, cheques, carnês, vendas a prazo ou parceladas, entre outros.

Quem pode antecipar recebíveis?

Empresas de todos os setores da economia podem fazer a antecipação de recebíveis quando houver necessidade de incrementar o fluxo de caixa e movimentar o capital de giro da empresa para manter com suas obrigações. 

Para isso, a instituição precisa ter valores a serem recebidos a longo prazo, pois a ideia é apenas receber antes e não pegar um empréstimo. O intuito é manter a empresa em pleno funcionamento sem novos problemas financeiros. 

Neste artigo do nosso blog, abordamos outras dicas incríveis para melhorar o fluxo de caixa da sua empresa.

Como fazer a antecipação de recebíveis?

Antes de tudo, o gestor precisa fazer um planejamento financeiro para entender se é preciso fazer a antecipação de crédito. Caso não haja saída, o ideal é traçar um valor adequado para cobrir as despesas sem prejudicar a saúde financeira futuramente. 

Com essas informações em mãos, é a hora de contatar uma empresa especializada em adiantamento de recebíveis e solicitar as condições para a realização da antecipação de recebíveis. Vale destacar que cada companhia terá suas particularidades, inclusive, taxas e prazo para recebimento da quantia. 

Essas empresas podem ser instituições financeiras tradicionais ou fintechs, que oferecem plataformas tecnológicas para facilitar as transações.

É extremamente importante que o gestor financeiro fique atento a todas as informações passadas pela instituição escolhida. Considere ainda fazer uma comparação entre as empresas e selecionar a que oferecer melhores condições. 

Depois disso, é chegada a hora de cadastrar os dados para a companhia especializada poder localizar de quais títulos fará a antecipação de crédito, por exemplo, qual a maquininha de cartão de crédito ou quais cheques pré-datados. 

Além disso, o gestor informa em qual conta deseja receber o valor. O prazo para a quantia ficar disponível dependerá do acordado entre as partes. A partir desse momento, a empresa que antecipou a quantia fica responsável pelo recebimento dos valores devidos pelo cliente. 

Como é calculada? Existem taxas?

Como falamos no item anterior, cada empresa possui suas próprias condições para antecipar os recebíveis. A principal delas é a aplicação de taxas. De maneira geral, elas são bem menores que os juros de empréstimos e, por isso, mais vantajosas. 

Porém, antes de fazer o adiantamento de recebíveis, é indispensável fazer o cálculo das taxas para entender se será prejudicial ou benéfico para a saúde financeira da sua empresa. Cada instituição financeira terá seu modelo, mas as taxas podem ser:

  • taxa percentual de desconto por título;
  • tarifa fixa a cada título antecipado;
  • tarifa de transação;
  • tarifa de antecipação;
  • taxa de IOF.

Exemplo de cálculo de antecipação de recebíveis

Para facilitar a visualização, vamos a um exemplo prático de cálculo de antecipação de recebíveis:

Consideraremos a antecipação do valor de uma compra em cartão de crédito de R$3.000,00 parcelado em três vezes. 

Cada venda tem uma taxa administrativa aplicada conforme a modalidade da venda, neste caso, crédito parcelado. A maquininha contratada desconta um valor de 5% a cada compra parcelada. 

Logo, o primeiro desconto já é feito neste momento: 

3.000 -5% = 2.850. 

A empresa tem a receber, então, R$2.850,00. Como a venda foi dividida em 3 parcelas, o valor a receber a cada 30, 60 e 90 dias é R$950,00. 

É nesta quantia que será aplicada a tarifa de antecipação (que varia de acordo com a instituição financeira escolhida). Trabalharemos com a porcentagem de 3% por parcela. 

Sendo assim, o cálculo será:

  • parcela 1 (30 dias) — 3% de 950 = 28,50 
  • parcela 2 (60 dias) — 3% de 950 × 2 = 57
  • parcela 3 (90 dias) — 3% de 950 × 3 = 85,50 

SOMA TOTAL: R$171,00

No cálculo final, a empresa terá R$171 descontados do valor inicial de R$2.850,00. Neste caso, estamos analisando apenas a tarifa de antecipação. É necessário realizar cálculos como esse de cada taxa cobrada pela instituição financeira antes de solicitar a antecipação de crédito. 

Não é possível responder se a operação vale a pena para todas as empresas, pois dependerá da situação em que cada uma se encontra. É necessário ter em mente que a antecipação de recebíveis deve melhorar a saúde financeira da empresa e não piorar a longo prazo

Quais as vantagens e desvantagens da antecipação de recebíveis?

Uma das principais vantagens da antecipação de recebíveis é que a empresa que solicita o adiantamento está utilizando seus próprios recursos para cobrir as despesas. Sendo assim, não é necessário solicitar empréstimos que possuem juros altíssimos.  Logo, o gestor financeiro quitaria suas dívidas imediatas com um valor que só receberia daqui a alguns meses.

Outro ponto positivo é a facilidade em contratar a antecipação de recebíveis, isso porque esse valor já está previsto para chegar à conta bancária da companhia. Não há necessidade de comprovação de crédito para passar segurança à instituição financeira. Por outro lado, também há desvantagens na operação, caso não seja bem administrada. 

Esse dinheiro antecipado pode fazer falta futuramente, quando as contas dos próximos meses chegarem. Por isso, é essencial realizar um planejamento para que a antecipação de recebíveis não se torne um processo rotineiro no seu negócio. 

É importante destacar também que a empresa está antecipando valores que ainda não foram pagos pelo cliente. Desta forma, se houver inadimplência, as consequências podem ser negativas, pois a responsabilidade de ressarcir à instituição financeira é da empresa contratante do crédito. 

Em alguns casos, ainda existe cobrança de multas e juros. Uma maneira de evitar essas surpresas é conhecer o perfil de pagador dos seus clientes. 

Caso a inadimplência seja alta, o ideal é não antecipar crédito.  Além disso, entender todos os detalhes de como funciona a antecipação de recebíveis e quais as taxas cobradas evitam desconfortos futuros. 

Antecipação de recebíveis e adiantamento salarial são a mesma coisa?

Antecipação de recebíveis e adiantamento salarial até parecem ter o mesmo conceito, mas são bem diferentes. No primeiro, trata-se de uma empresa contratando uma instituição financeira para adiantar quantias que deveria receber futuramente de seus clientes. Essa é uma transação financeira realizada entre duas empresas independentes.

Já o adiantamento salarial é o pagamento da parte da remuneração do trabalhador. A empresa pode realizar esse pagamento em forma de vale, cartão multi benefícios ou salário sob demanda, para isso, o profissional precisa ter dias trabalhados para receber.

O Xerpay, por exemplo, oferece um aplicativo para que os colaboradores realizem o adiantamento salarial a qualquer momento e pague as despesas que não podem esperar o dia do pagamento.

A ideia de ambas as transações é parecida, mas, na prática, são operações distintas.

Resumidamente, a antecipação de recebíveis é uma oportunidade para que as empresas cumpram com todas as suas responsabilidades financeiras, com menos burocracia, e utilizando seus próprios recursos. 

Apesar de parecer vantajoso, para não prejudicar ainda mais as finanças do negócio é necessário realizar um planejamento minucioso para entender as vantagens e desvantagens da operação naquele momento.  Além disso, evitar que o processo se torne prática comum é essencial para a saúde financeira da sua empresa.

Agora que você já entendeu como funciona a antecipação de recebíveis, deixe aqui seus comentários sobre o tema. Aproveite e visite o site do Xerpay para conhecer as soluções que criamos para auxiliar a saúde financeira da sua empresa. 

Confira outros artigos que você pode se interessar