Por que fazer pausas no trabalho?

pausas no trabalho

Muitos profissionais passam longas horas sentados durante o dia a dia de trabalho. A longo prazo, isso pode causar muitos impactos negativos para a saúde e até mesmo para o desempenho e produtividade do trabalho.

É por isso que “dar um tempo” entre uma tarefa e outra é importante para descansar e recarregar as energias para continuar a jornada. No entanto, muitas empresas negligenciam as pausas no trabalho de seus funcionários por acreditar que as interrupções podem prejudicar a qualidade das entregas de sua equipe.

A verdade é que um estudo realizado por pesquisadores do Instituto Karolinska em Estocolmo e publicado no “The American Journal of Physiology: Endocrinology and Metabolism” revelou que realizar pausas e movimentar-se a cada 30 minutos trabalhados pode diminuir o impacto negativo do sedentarismo.

Além disso, as pausas durante o trabalho podem ajudar a aumentar o foco e a atenção. Portanto, devem ser levadas a sério pelas organizações. Quer saber mais sobre este assunto? Confira o post de hoje para saber tudo sobre os tópicos a seguir:

  • Qual a importância das pausas no trabalho?
  • O que a lei diz sobre pausas para descanso no trabalho?
  • Como fazer pausas no trabalho corretamente?
  • Quanto tempo deve durar as pausas?
  • É necessário fazer pausas no Home Office?

Continue a leitura e descubra como uma pausa pode fazer a diferença entre um trabalho bem feito ou mal feito. Vamos lá?

Qual a importância das pausas no trabalho?

Depois de ficar sentado por muitas horas fazendo o mesmo trabalho, você já sentiu alguma dor na coluna ou uma sensação de vista cansada? A resposta provavelmente é sim. Isso acontece quando passamos muito tempo focados sem realizar uma pausa.

É muito comum as empresas acharem que realizar pausas durante a jornada de trabalho é sinônimo de preguiça e enrolação. No mercado competitivo atual em que a produtividade é levada muito a sério, as pessoas tendem a realizar cada vez menos descansos entre uma atividade e outra.

No entanto, aqueles minutinhos de  descanso para fazer um alongamento, tomar um cafézinho ou conversar com os colegas podem trazer muito mais benefícios para o trabalho do que você pensa. 

Trabalhar durante muito tempo seguido sem nenhuma pausa pode provocar, além do desgaste físico e mental do colaborador, redução de seu desempenho e foco no trabalho.

Confira a seguir algumas das muitas vantagens das pausas no trabalho:

1. Aumentar a produtividade

Como já comentamos acima, ao contrário do que muitos acham, dar um tempo no trabalho contribui para o aumento da produtividade. Isso acontece, pois quando fazemos uma pausa podemos aliviar o estresse e recuperar a energia para voltar a uma tarefa.

Desse modo, ao estar mais descansados, os colaboradores podem voltar para suas tarefas com mais disposição e, assim, acabar produzindo mais.

2. Estimular a criatividade

Outro benefício da pausa no trabalho é o estímulo cerebral para aumentar a criatividade. Quando uma pessoa realiza a mesma tarefa ininterruptamente acaba com a mente cansada. Dessa forma, pode deixar passar “ideais fora da caixa” que poderia ter se estivesse descansada. 

Com isso, o intervalo pode ajudar a trazer a renovação que o profissional precisa para ter um novo olhar para o seu trabalho e estimular a criatividade.

3. Aliviar o estresse

Quando um colaborador está com muitas responsabilidades e trabalhos acumulados, tende a não parar para descansar, o que pode gerar muito estresse. 

Essa atitude, ao invés de ajudar a finalizar as tarefas mais rapidamente, acaba prejudicando mais ainda o trabalho dele. Portanto, é crucial fazer pausas e mudar o foco da tarefa por alguns minutos.

Assim, na volta, ele poderá estar menos estressado e descansado para voltar a focar em suas atividades.

4. Melhorar a tomada de decisões

Muitos cargos exigem que os profissionais estejam preparados para tomar decisões importantes constantemente. Para realizar escolhas mais estratégicas e certeiras, é necessário estar com a cabeça descansada. 

Portanto, as pausas durante a jornada de trabalho são fundamentais para evitar desgaste mental e cansaço.

5. Aumentar a integração da equipe

Quando os colaboradores realizam pausas programadas podem além de descansar, interagir com outros membros da equipe que também estão descansando.

Desse modo, é normal que eles consigam conversar e estreitar os laços, tornando a equipe mais integrada.

6. Reduzir as chances de lesão e doenças do trabalho

Além de ajudar a evitar o sedentarismo ao fazer pausas e se movimentar, é possível reduzir as chances de lesões por esforços repetitivos e doenças do trabalho. 

Para isso, os colaboradores podem criar o hábito de fazer pausas para realizar ginástica laboral, alongamentos e exercícios breves para movimentar o corpo. 

Caso você queira conhecer quais são as principais doenças do trabalho e como evitá-las, sugerimos a leitura complementar deste artigo aqui.

O que a lei diz sobre pausas para descanso no trabalho?

Embora as pequenas pausas durante a jornada de trabalho não sejam uma exigência, há alguns intervalos obrigatórios de acordo com a CLT. São eles:

  • intervalos intrajornada: ocorrem durante o período de trabalho. Normalmente, é utilizado para almoçar. Entretanto, o colaborador pode decidir o que fazer, não é necessário permanecer na empresa.
  • intervalos interjornada: estes são aqueles que ocorrem entre um dia e outro de trabalho. Os funcionários têm direito a um descanso de 11 horas entre uma jornada e outra. 

Estes intervalos estão regulamentados pelo artigo 71 da CLT que diz:

“Art. 71 – Em qualquer trabalho contínuo, cuja duração exceda de 6 (seis) horas, é obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação, o qual será, no mínimo, de 1 (uma) hora e, salvo acordo escrito ou contrato coletivo em contrário, não poderá exceder de 2 (duas) horas.”

Ele foi criado para  evitar o sedentarismo dos colaboradores e tornar a jornada de trabalho menos exaustiva. É comumente utilizado para o horário de almoço, mas os funcionários podem escolher o que querem realizar nesse momento.  

Segundo o artigo, esse intervalo não deve ser computado na jornada do funcionário, ou seja, nada deverá ser descontado de sua carga horária diária. O intervalo intrajornada é um direito garantido a todos os profissionais que trabalham pela CLT e deve ser definido no momento da contratação. 

 Além disso, existem outros intervalos obrigatórios destinados a profissões específicas, tais como:

  • telefonistas: devem fazer um intervalo de 20 minutos a cada três horas;
  • trabalhadores de frigoríficos: devem fazer um intervalo de 20 minutos a cada uma hora e 40 minutos;
  • digitadores: devem fazer um intervalo de 10 minutos a cada 90 minutos.

Como fazer pausas no trabalho corretamente?

Além dos intervalos obrigatórios, as pequenas pausas durante a jornada de trabalho são muito benéficas. No entanto, é crucial realizá-las corretamente para alcançar todas as vantagens esperadas.

Antes de mais nada, é importante saber o que não fazer no momento da pausa de descanso:

  • evite ler e-mails, ver vídeos no youtube, acessar redes sociais, enfim, continuar utilizando o computador;
  • não fique sentado na hora da pausa. É importante levantar-se e movimentar-se;
  • não faça a pausa apenas quando já estiver exausto. Isso irá fazer com que você não tenha energia para se movimentar no momento da pausa, assim não sentirá os efeitos dela na produtividade. 

  Agora que você já sabe o que evitar durante as pausas no trabalho, é necessário saber o que fazer. O importante é que o colaborador consiga relaxar nesse momento, portanto, algumas ideias são: 

Realizar uma automassagem

Por passar muito tempo sentado, é normal que os colaboradores sintam dores no corpo. Portanto, uma automassagem pode aliviar os músculos cansados e proporcionar mais energia para voltar ao trabalho.

Relaxar com música

Outra forma de recuperar a energia para se focar no trabalho é procurar um local tranquilo para ouvir uma música calma e relaxar por alguns minutos. 

Dessa forma, é possível se acalmar e melhorar o foco para voltar ao trabalho em seguida.

Socializar com os colegas de trabalho

Ao realizar a pausa no trabalho ao mesmo tempo do que outros membros da equipe, é possível aproveitar um momento de descontração durante a rotina. Assim, os colaboradores podem colocar o papo em dia, evitando fazer isso durante o trabalho.

Fazer um lanche saudável

As pequenas pausas durante a jornada de trabalho também são ideais para fazer um lanchinho e beber água. Prefira opções saudáveis como iogurtes, frutas, mix de castanhas e outras alternativas boas para a saúde.

Assim, é possível desestressar e ter mais ânimo para retornar a tarefas difíceis.

Quanto tempo deve durar as pausas?

As pausas para descanso durante o trabalho podem variar de acordo com a jornada de cada profissional. Desse modo, o tempo de duração deve seguir a realidade da empresa.

É importante que a organização observe seus colaboradores e entenda as necessidades deles durante a rotina de trabalho. É possível identificar o momento em que o time está mais improdutivo e aplicar pausas programadas para avaliar se há uma melhora na produção.

No entanto, de forma geral, estudiosos defendem que 15 minutos é o suficiente para que os profissionais possam recarregar a energia e descansar. 

É necessário fazer pausas no home office?

Devido à pandemia do coronavírus, diversos profissionais passaram a trabalhar remotamente. No entanto, por estarem em casa, muitos deles acreditam que não há necessidade de realizar pausas para descanso.

Assim como no escritório, para manter a produtividade e saúde em dia, é necessário realizar pausas no trabalho remoto. Nestes momentos, é ideal que o colaborador vá para outro cômodo de sua casa e evite aparelhos eletrônicos.

É um bom momento para se exercitar e fazer um lanche, além de investir no autocuidado. 

E não se esqueça, seja no home office ou no escritório, faça pausas programadas. Não é saudável esperar o momento de exaustão para descansar. Além disso, estipular um horário de início e fim para a pausa no trabalho, ajuda o profissional a não procrastinar e nem prejudicar a execução de suas tarefas diárias.

Veja esse TED Talks, onde Tim Urban fala um pouco sobre procastinação:

 

Estresse no trabalho: além de oferecer pausas, ajude seus colaboradores com um plano de saúde financeira

Sabemos que há diversos outros motivos que deixam os colaboradores estressados e improdutivos durante a rotina de trabalho. Portanto, sua empresa pode oferecer alguns benefícios estratégicos para ajudá-los a evitar contratempos financeiros para que se tornem mais produtivos.

O Xerpay pode trazer o alívio, tranquilidade e controle financeiro tão esperados por seus colaboradores por meio do pagamento sob demanda. Fale com um especialista e conheça mais!

Gostou deste conteúdo? Então, acompanhe o Xerpay nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn  e fique por dentro de todas as novidades!

Confira outros artigos que você pode se interessar